Parques  Nacionais

  Abrolhos
  Amazônia - PA/AM
  Aparados da Serra
  Araguaia - GO
  Brasília - DF
  Cabo Orange - AP
  Chapada Diamantina
  Chapada dos Guimarães
  Chapada dos Veadeiros
  Emas - GO
  Fernando de Noronha
  Grande Sertão Veredas
  Iguaçu
  Ilha Grande
  Itatiaia - RJ/MG
  Jaú - AM
  Lagoa do Peixe - RS
  Lençóis Maranhenses
  Monte Pascoal
  Monte Roraima - RR
  Pacaás Novos - RO
  Pantanal M.
  Pico da Neblina - AM
  São Joaquim - SC
  Serra da Bocaina
  Serra da Canastra - MG
  Serra da Capivara - PI
  Serra do Caparaó
  Serra do Cipó - MG
  Serra do Divisor - AC
  Serra do Superaqui - PR
  Serra dos Órgãos - RJ
  Tijuca - RJ
  Ubajara - CE



 

SETE  CIDADES

Parque Nacional de Sete Cidades (PI)

As curiosas formações rochosas da região foram divididas em sete conjuntos, chamados de Sete Cidades, já em 1886. O antigo território dos índios tabajaras desperta a imaginação daqueles que o visitam e procuram encontrar diversas formas nas estranhas rochas.

Os 6.221 hectares do Parque Nacional de Sete Cidades, criado em 1961, protegem um dos mais importantes sítios arqueológicos do Brasil, além de monumentos geológicos e diversas nascentes que brotam no Piauí semi-árido.
Endereço para contato: Caixa Postal 35, Piripiri - PI CEP 64260-000 tel: (86) 343-1342

LOCALIZAÇÃO
O Parque Nacional de Sete Cidades está localizado no norte do Piauí, pertencendo ao município de Piripiri.
Para chegar até lá, a partir de Teresina, seguir pela BR-343 até Piripiri, distante do parque 26km pela BR-222.

CLIMA
O clima da região é tropical, com temperatura média anual entre 25°C. A melhor época para visitar o parque vai de janeiro a junho, quando as cachoeiras estão mais cheias.

ASPECTOS NATURAIS
As espetaculares formações rochosas espalhadas pelo parque e divididas em sete "cidades" dominam a paisagem. Entre as rochas, em relevo suave, brotam olhos-d`água perenes.
A vegetação característica é de transição entre o cerrado e a caatinga, onde se encontram espécies como o murici, o pau-terra, as palmeiras, o buriti, a carnaúba e o tucum. Entre os animais estão presentes mamíferos como o veado-mateiro, a raposa, a suçuarana e o moco, além de répteis como a Iguana e aves como o tucano, o falcão-tropical e o xexéu.

ATRAÇÕES
As exuberantes formações rochosas receberam nome de acordo com sua aparência: Cabeça de D. Pedro, Mapa do Brasil, Pedra da Biblioteca, Arco do Triunfo e assim por diante. As rochas estão divididas em sete conjuntos chamados de cidades. As pedras abrigam um importante tesouro histórico-cultural: inscrições rupestres de antigos índios tabajaras. Para ver as inscrições da 7ª Cidade, é preciso de autorização do Ibama.
No meio dessa paisagem rochosa do sertão semi-árido, surgem cachoeiras, como a do Riachão, piscinas naturais e olhos-d`água, como o dos Milagres.
O parque abre diariamente, das 8h às 17h, e os ingressos custam R$ 3.

INFRA-ESTRUTURA
O parque possui Centro de Visitantes, alojamento para pequenos grupos, áreas para camping, restaurante e lanchonete. Em Piripiri, cidade a 26km do parque, há um hotel-fazenda e lojas de artesanato.

Contatos
Tel.: (86) 343-1342
Caixa Postal, 35, Piripiri - PI
CEP 64260-000

 

www.amadeusturismo.com.br     -     Todos os direitos reservados