Parques  Nacionais

  Abrolhos
  Amazônia - PA/AM
  Aparados da Serra
  Araguaia - GO
  Brasília - DF
  Cabo Orange - AP
  Chapada Diamantina
  Chapada dos Guimarães
  Chapada dos Veadeiros
  Emas - GO
  Fernando de Noronha
  Grande Sertão Veredas
  Iguaçu
  Ilha Grande
  Itatiaia - RJ/MG
  Jaú - AM
  Lagoa do Peixe - RS
  Lençóis Maranhenses
  Monte Pascoal
  Monte Roraima - RR
  Pacaás Novos - RO
  Pantanal M.
  Pico da Neblina - AM
  São Joaquim - SC
  Serra da Bocaina
  Serra da Canastra - MG
  Serra da Capivara - PI
  Serra do Caparaó
  Serra do Cipó - MG
  Serra do Divisor - AC
  Serra do Superaqui - PR
  Sete Cidades - PI
  Tijuca - RJ
  Ubajara - CE



 

SERRA  DOS  ÓRGÃOS

Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ)

Desde a época do Império, a região encanta quem por lá passa. Um dos que caiu em seus encantos foi o imperador D. Pedro I e, assim, Petrópolis se tornou a cidade imperial. A bela arquitetura da cidade não poderia ter melhor cenário do que a exuberante natureza da Serra dos Órgãos, que luta para sobreviver cercada por municípios de alta concentração populacional.

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos foi criado em 1939, por influência de Getúlio Vargas. Seus 11.800 hectares protegem um importante cenário natural, bem próximo ao Rio de Janeiro, além de monumentos históricos.
Endereço para contato: Avenida Rotariana, s/n, Teresópolis - RJ CEP 25960-602 tel: (21) 642-1070

LOCALIZAÇÃO
O Parque Nacional da Serra dos Órgãos está localizado no Estado do Rio de Janeiro, pertencendo aos municípios de Petrópolis, Teresópolis, Guapumirim e Majé. Dista 91km da cidade do Rio de Janeiro.
Para chegar até lá, a partir do Rio de Janeiro, seguir pela Rodovia Rio-Petrópolis (BR-040) até a Rodovia para Teresópolis e Avenida Rotariana. Outro caminho possível é pela BR-116 (km 98), por Teresópolis.

CLIMA
O clima da região é tropical superúmido, com temperatura média anual de 19°C. A melhor época para praticar trekking vai de maio a outubro. Para tomar banho nas cachoeiras e piscinas naturais, o período ideal é de novembro a fevereiro , porém deve-se tomar cuidado com as chamadas "cabeças d`água, fortes enxurradas que atingem trechos próximos aos rios.

ASPECTOS NATURAIS
O relevo acidentado dos trechos mais altos da Serra do Mar é marcado por íngremes paredões, cujos pontos culminantes são a Pedra do Sino (2.263m) e o Dedo de Deus (1.692m), rodeados por densa vegetação. O relevo também favoreceu a formação de inúmeras cachoeiras.
A formação predominante é a floresta pluvial atlântica, representada por espécies de grande porte como o jequitibá, a canela-santa, o palmito e o jacarandá. A fauna é bastante diversificada, apresentando mamíferos como quatis, cutias e tamanduás-mirins, aves como a jacutinga e o ameaçado papagaio-de-peito-roxo, além de répteis.

ATRAÇÕES
O parque é um dos preferidos entre alpinistas e montanhistas que encontram diversas opções de escalada e trilhas. A travessia mais tradicional é a Petrópolis-Teresópolis, com 42km e que pode durar de 3 a 4 dias. Durante o percurso, há muitas atrações: a Pedra do Sino (2.263m) e a Cachoeira do Véu de Noiva (32m).
O cartão-postal do parque é a formação rochosa chamada de Dedo de Deus, com 1.692m de altitude. Do Mirante do Soberbo é possível observá-lo juntamente com a Baía de Guanabara. Na subsede, no km 36 da Rodovia Rio-Petrópolis, há ótimas piscinas naturais, como o Poço Verde.
Além das belezas naturais, o parque conta com monumentos históricos como a capela de 1713 e um casarão do século 19, que hoje abriga o Centro de Visitantes Von Martius.
O Parque abre das 8h às 17h, de terça a domingo, e os ingressos custam R$ 3.

INFRA-ESTRUTURA
O parque possui Centro de Visitantes, alojamento para grupos, áreas para camping, museu, lanchonete, capela e piscina de água natural. É possível ficar hospedado tanto em Petrópolis quanto em Teresópolis, ambas com ótima infra-estrutura.

Contatos
Tel.: (21) 642-1070
Av. Rotariana, s/n, Teresópolis - RJ
CEP 25960-602

 

www.amadeusturismo.com.br     -     Todos os direitos reservados