Parques  Nacionais

  Abrolhos
  Amazônia - PA/AM
  Aparados da Serra
  Araguaia - GO
  Brasília - DF
  Cabo Orange - AP
  Chapada Diamantina
  Chapada dos Guimarães
  Chapada dos Veadeiros
  Emas - GO
  Fernando de Noronha
  Grande Sertão Veredas
  Iguaçu
  Ilha Grande
  Itatiaia - RJ/MG
  Jaú - AM
  Lagoa do Peixe - RS
  Lençóis Maranhenses
  Monte Pascoal
  Monte Roraima - RR
  Pacaás Novos - RO
  Pantanal M.
  Pico da Neblina - AM
  São Joaquim - SC
  Serra da Bocaina
  Serra da Canastra - MG
  Serra da Capivara - PI
  Serra do Caparaó
  Serra do Cipó - MG
  Serra do Superaqui - PR
  Serra dos Órgãos - RJ
  Sete Cidades - PI
  Tijuca - RJ
  Ubajara - CE



 

SERRA  DO  DIVISOR

No extremo noroeste do país, existe uma área da floresta amazônica que o homem ainda nem conseguiu tocar. A própria natureza criou barreiras que dificultam o acesso e assim ela se mantém protegida. Seus ecossistemas intocados fazem dela uma importante região que precisa continuar preservada, na última porção dentro do território brasileiro antes da fronteira com o Peru..

O Parque Nacional da Serra do Divisor foi criado em 1989, durante o governo Sarney, em um contexto de pressão internacional de ambientalista e defensores dos povos da floresta. Seus 843.000 hectares protegem a parte mais ocidental da Amazônia.
Endereço para contato: Rua Vetereno Manoel de Barros, 320, Rio Branco - AC
CEP 69907-150 tel: (68) 226-3212

LOCALIZAÇÃO
O Parque Nacional da Serra do Divisor está localizado no noroeste do Estado do Acre, na fronteira com o Peru, pertencendo aos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues, Porto Válter e Marechal Thaumaturgo.
Para chegar até lá, a partir de Rio Branco, seguir pela BR-364 por 600km de estrada de terra, que fica intransitável na maior parte do ano. Outra opção é por via aérea até Cruzeiro do Sul e daí seguir de barco durante 2 dias até o parque.

CLIMA
O clima da região é tropical, quente e úmido, com temperatura média anual de 24°C. Os meses mais secos são agosto e setembro.

ASPECTOS NATURAIS
Os ecossistemas encontrados no parque ainda não foram alterados pelo homem. O nome Divisor é pelo fato da localização do parque, no trecho que divide as águas entre as bacias hidrográficas do Vale do Médio Rio Ucayali (Peru) e do Alto Rio Juruá. As serras apresentam regiões alagadas, igapós, igarapés e lagos fluviais.
A fauna local apresenta, segundo alguns estudos, cerca de 30 espécies ameaçadas, além de 485 espécies diferentes de pássaros.

ATRAÇÕES
O parque não está aberto à visitação, principalmente pela difícil localização. Para quem tiver coragem de se aventurar, uma das atrações é o Rio Moa, navegável quase o ano todo. Na época dads vazantes, surgem trechos de corredeiras propícios para a prática de esportes de aventura. A própria floresta Amazônica é o maior atrativo e esconde animais, plantas e igarapés para um banho refrescante.

INFRA-ESTRUTURA
O parque não possui infra-estrutura. A cidade mais próxima, Cruzeiro do Sul, está a 2 dias de barco, possuindo hotel e restaurante.

 

www.amadeusturismo.com.br     -     Todos os direitos reservados